Últimas

ESTADO ISLÂMICO CHEGA A JERUSALÉM PROMETENDO MATAR CRISTÃOS!


Este ano o mês de Ramadã, sagrado para os muçulmanos,está sendo marcado por uma série de atentados e ameaças por parte do Estado Islâmico em diferentes partes do mundo.

Ignorado pela grande mídia, o surgimento de um panfleto com o símbolo do Estado Islâmico em plena Jerusalém assusta. O material escrito em árabe foi espalhado na porção oriental de Jerusalém, reivindicada pela Autoridade Palestina como sua capital.

A mensagem é clara. Todos os cristãos árabes vivendo na porção ocidental de Jerusalém, devem sair de lá até o final do Ramadã ou serão mortos. Segundo a imprensa israelense atualmente cerca de 12.000 árabes cristãos vivem na capital.

Divulgado apenas por alguns sites judeus, a notícia alarmante surge no mesmo dia em que o Papa deu sua bênção para que a Autoridade Palestiniana se torne uma nação independente.

O Vaticano ignora a realidade que existem milhares de cristãos árabes em Israel e que sempre desfrutaram de liberdade religiosa. Mesmo assim nunca se manifestou sobre as ameaças que são feitas àqueles cristãos que vivem nas cidades palestinas.

A comprovação de um Estado Islâmico na Palestina – nome que assina os panfletos – mostra que as ameaças dos jihadistas de invadir Israel podem estar cada vez mais perto de se concretizarem.
Existem registros de jovens que saíram da Palestina para se juntar ao Estado islâmico nos últimos anos. No ano passado,foguetes foram lançados de Gaza contra Israel durante a guerra.

Bandeiras com símbolos do EI foram vistas no Monte do Templo em Jerusalém em meados de 2014.

No início deste mês, um vídeo do grupo extremista, mostra o lançamento de um ataque a partir da Faixa de Gaza contra o povo israelense. Movimentações militares nas Colinas de Golan, que marcam a fronteira do norte de Israel com o sul da Síria – dominada pelo EI – mostram que extremistas estão acampados a poucos quilômetros da fronteira. Com informações de Times of Israel e Jewish Press

Fonte: Gospel Prime.

Nenhum comentário