Últimas

O FIM? PRISÃO DE VACCARI PODE LEVAR À EXTINÇÃO DO PT



O líder do PPS na Câmara, deputado federal Rubens Bueno (PR), afirmou nesta quarta-feira (15) que a prisão do tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, "desmantela totalmente" o discurso do PT de que todas as doações recebidas para campanhas eleitorais foram legais e registradas no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Para ele, as investigações da Lava Jato podem atingir administrativamente a legenda, já que existe a suspeita de recebimento de dinheiro de empresas estrangeiras.

O parlamentar ainda diz que, se comprovado o repasse de recursos de empresas estrangeiras pelo PT, conforme dito pelo ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco em delação premiada, o partido pode ser extinto porque o financiamento externo é vedado pela Lei Orgânica dos Partidos Políticos.

"Atentem só para a irresponsabilidade do senhor Vaccari. Vejam o poder que o PT concedeu ao tesoureiro do partido. Um poder que, exercido de maneira atabalhoada, pode fazer com que o próprio PT deixe de existir. Parece que nada aprenderam com o caso do mensalão, com as estripulias de Delúbio Soares", disse o deputado.

"Caiu por terra o argumento que o PT continuava mantendo e que foi apresentado até a semana passada durante o depoimento de Vaccari na CPI da Petrobras. A prisão do tesoureiro desmantela essa versão. Representa o PT na cadeia. Prisão preventiva é assunto sério e sinaliza que solto ele poderia atrapalhar as investigações e apagar os rastros da roubalheira comandada pelo PT não só na Petrobras, mas em outros setores do governo", afirmou Rubens Bueno.

Via: Folha Política

Nenhum comentário