Últimas

BOEING PATENTEIA CAMPO DE FORÇA PARA SER USADO EM CAMPOS DE BATALHA


O que parecia ser uma coisa fictícia da série Star Wars agora virou patente da Boeing, que simplesmente patenteou um campo de força. Tecnicamente, a patente é para um "método e sistema para atenuação de ondas de choques via um arco eletromagnético". Isso nos permite imaginar um cenário completamente futurista como o uso de campos de força de proteção que poderiam ser usados em campos de batalha em um futuro distante (ou não?).

O dispositivo patenteado apenas protege contra a onda de choque de uma explosão, mas a maioria dos veículos montados já são blindados o suficiente para proteger as pessoas no seu interior dos estilhaços da explosão de uma bomba.

O conceito utiliza um sensor para detectar uma explosão na água ou no ar e, em seguida, calcula a hora e o local da explosão. Em seguida, o sinal do sensor aciona um laser (ou uma explosão de energia eléctrica ou de energia de microondas) que aquece uma quantidade de ar ou de água, criando um escudo de plasma entre a explosão e o veículo. A temperatura e a densidade do plasma ajudam a desviar e a absorver as ondas de choque da explosão.

Na ilustração apresentada pela Boeing para a patente, o campo de força protege um veículo militar HMMWV, mas o projeto é escrito de forma suficientemente ampla que pode potencialmente proteger tudo, desde navios, submarinos, plataformas no alto mar, veículos terrestres, edifícios e até seres humanos.

Para explosões de diferentes magnitudes, calcular o tamanho e a intensidade do campo de força pode ser complicado. Por exemplo, um veículo blindado leve, como um HMMWV, pode usar o campo de força contra uma pequena explosão, enquanto tanques blindados e mais pesados como MRAPs (resistentes a minas e explosivos) poderiam usar suas explosões de plasma apenas para ameaças maiores. O sistema prevê um banco de dados de tipos explosões de bombas para saber qual estratégia será usada.

De fato, a patente no papel promete muito, mas é preciso esperar os teste para afirmar se este campo de força será mesmo usado em combates no futuro ou não passa de ficção científica. Veja abaixo um vídeo que faz uma analogia com a série Star Wars para entender como seria o funcionamento deste dispositivo da Boeing:

Vídeo:



Via: PopScience e http://seuhistory.com/

Nenhum comentário