Últimas

EUA TESTA ARMA IONOSFÉRICA QUE INUTILIZA MÍSSEIS

Após alguns eventos ocorridos na China, houve temor dos americanos que os chineses estivessem na vanguarda da tecnologia de Guerra ionosférica.

O TESTE MILITAR AMERICANO

O míssil ionosférico libera gases ionizados na ionosfera, criando uma bolha ionosférica artificial, que distorce as os sinais de GPS, GLONAS e causa problemas em outras transmissões eletromagnéticas.

A área afetada abaixo da mancha rosada é de milhares de Km², e a maioria dos sistemas de guia de mísseis são avariados, tendo as suas rotas seriamente alteradas, podendo causar problemas de fogo amigo, ou até mesmo explodir próximo demais das unidades lançadoras, explodindo os próprios lançadores.

Resumindo: O Míssil ionosférico desliga a tecnologia convencional de mísseis.

Com esse teste prático, provavelmente os EUA estavam fazendo testes práticos no deserto com sistemas de mísseis que fossem imunes ao efeito.

O teste foi feito no céu do deserto do Arizona, mas foi visível até no México.

http://www.meteoweb.eu/2015/02/nuvola-rosa-nel-cielo-dellarizona-dopo-esperimento-nasa-foto/403100/
http://www.xepl.com.mx/completa1.php?i=96029

http://www.radiza.com.mx/delicias/noticia.individual.php?id=40636

http://wattsupwiththat.com/2015/02/26/giant-red-blob-seen-in-the-skies-over-the-western-usa/

O laboratório White Sands da força aérea americana confirmou ser o autor da experiência, eu sua página do Facebook
https://www.facebook.com/WSMRPublicAffairs/posts/10152859570038052

A mancha rosada no céu foi comparada com a explosão nuclear de 3,7 Megatons na exosfera em 1958. A bomba atômica era chamada Hardtack Teca

Via: http://verdadesespeciais.blogspot.com.br/

Um comentário

gustavo henrique wanderley disse...

O Mais preocupante é: os "EUA não são mais uma nação cristã". Antes havia uma preocupação em mascarar as guerras imperiais yankees como justas. Agora vemos a verdade: os EUA só querem poder para si, suas empresas e seu "aliado" Israel. Eles ja eliminaram 5 ou 6 milhões de pessoas com suas guerras desde 1945(fora os mutilasos e abortos pelo urânio depletado) e não pensam em parar.