Últimas

A UNIÃO ECONÔMICA DA EURÁSIA PREPARA SUA MOEDA ÚNICA


E os 10 blocos do Governo Mundial vão se formando...

Uma zona monetária comum dentro da União Econômica da Eurásia (EEU) faria que a União fosse ainda mais estável e economicamente atraente, segundo um grupo de especialistas citados pela RIA Novosti.

A viabilidade de uma moeda comum para a união composto por Rússia, Belarus, Cazaquistão e Arménia está sendo analisado pelo Banco Central da Rússia, em colaboração com o Governo, a pedido do presidente russo, Vladimir Putin.

Estima-se que em 01 de setembro deste ano estará pronta a análise para determinar se a união monetária na UEE é um projeto viável.

No ano passado, no Cazaquistão, foram assinados documentos que estabelecem em 2025 a criação do Banco Euroasiático e a criação de uma moeda única para a Bielorrússia, Rússia e Cazaquistão. "A situação política externa pode ter influenciado as decisões econômicas, e o presidente da Rússia decidiu acelerar esse processo", disse o diretor do departamento de análise da empresa de serviços financeiros Alpari, Alexander Razuvaev.

O especialista disse que a nova moeda "pode ​​entrar em vigor em 1 de janeiro de 2016", argumentando que "a política controla a economia." No entanto, alguns argumentam que a transição deve ser feita de forma mais lenta.

Um 'Altyn' para Eurasia

O nome provisório da moeda única da Eurásia é 'Altyn' (moeda usada historicamente na Rússia e em vários países da região), um nome que foi evocado em público pelo presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbayev. No entanto, de acordo com alguns meios de comunicação também poderia discutir sobre nome 'euraz'.

O Banco Central da UEE, que irá supervisionar a política monetária única, será localizado em Alma-Ata, antiga capital do Cazaquistão. "Só que não será um análogo do Banco Central Europeu. Provavelmente, as decisões serão tomadas por unanimidade pelos Chefes de Estado ou pelas diretrizes dos bancos nacionais dos países membros", disse Razuvaev.

Estima-se que a moeda única é semelhante ao rublo russo e é sustentada pelas exportações de matérias-primas provenientes da Rússia e Cazaquistão. O mercado potencial de circulação é de cerca de 180 milhões de pessoas, fazendo um PIB total de mais de US $ 2 trilhões.

Um passo lógico

Por um lado, a introdução da moeda única na UEE é um passo lógico no contexto da coordenação econômica, dizem os especialistas. "A moeda única é a última etapa de integração monetária", explica o diretor do Centro de Estudos para a Integração do Banco Euroasiático de desenvolvimento, Yevgeni Vinokurov.

A união monetária pode ter um impacto positivo sobre o desenvolvimento do mercado comum dentro da UEE, tanto em termos de evitar o impacto das flutuações das moedas dos países participantes, bem como a simplificação dos cálculos internos, disse RIA Novosti CEO doCentro de Comércio Internacional, Vladimir Salamatov.

Segundo Vinokurov, as moedas da UEE dependem de fato e em grande medida do rublo russo. "Este é, em nossa opinião, mais uma razão para considerar a integração. Uma vez que, no entanto, a taxa de câmbio de suas moedas será baseada no rublo", explica ele, concluindo com a pergunta: "Não seria melhor fazer este mecanismo claro e ajustável?".

Período de Configuração

A introdução de uma moeda única não pode fazer da noite para amanhã. "Precisamos de um período suficientemente longo de ajustamento. Se trata de coordenar as políticas monetárias e cambiais, e da coordenação mútua das taxas de câmbio das moedas nacionais", acrescentou Vinokourov.

Uma condição importante para o bom funcionamento da união monetária é uma coordenação fiscal (em termos de legislação tributária). Só depois disso será a introdução de uma moeda única e um único central de emissão, destaca o especialista.

A Ministra de Integração e Macroeconomia da UEE, Tatiana Valovaya apelou nesta terça-feira para os membros não se apressarem, dizendo que é necessário primeiro criar um mercado único e, em seguida, discutir a possibilidade de uma moeda única. "Mas é necessário coordenar a política monetária", disse ela.

Tradução: Últimos Acontecimentos.

Fonte: RT.

Nenhum comentário