Últimas

GOOGLE: O FBI QUER HACKEAR TODOS OS COMPUTADORES DO MUNDO


O gigante norte-americano Google, alertou contra o aumento da capacidade do governo dos EUA para se infiltrar em sistemas de computadores em todo o mundo, e garante que acarretará em problemas constitucionais "monumentais".

O Google divulgou uma declaração forte contra a proposta do Departamento de Justiça americano para facilitar os tribunais a emitirem ordens para apreender dados eletrônicos "remotamente" em qualquer lugar do mundo.

Os esforços no sentido de alterar as regulações federais, atualmente codificados em uma disposição do governo conhecido como "Regra 41" levantam uma série de problemas monumentais e de grande complexidade constitucional, legal e geopolítico cuja decisão deve ser deixada para o Congresso", escreveu Richard Salgado, Diretor de Aplicação da Lei e Segurança da Informação do Google.

Nos termos do artigo 41, o juiz que autorizou a medida deve situar-se no mesmo distrito que o computador que está sendo investigado. A nova proposta permitiria que os agentes do FBI façam suas incursões remota aos computadores' em qualquer lugar do mundo.

O Google adverte em sua declaração de que, se o Departamento de Justiça tem a sua maneira, o FBI está autorizado a hackear, independentemente da sua localização geográfica, dando, assim, ao governo dos Estados Unidos acesso irrestrito a uma quantidade infinita de dados pessoais em todo o mundo.

O Google emitiu seu aviso no contexto de uma consulta pública, que terminou na terça-feira. Sua apresentação, como 37 outras partes interessadas, será considerados pelo Comitê Consultivo sobre normas penais, organização norte-americana composta principalmente de juízes que têm a responsabilidade pelo cumprimento dos regulamentos federais, incluindo as que regem as ações do FBI.

Tradução: Últimos Acontecimentos.

Fonte: RT.

Nenhum comentário