Últimas

“DEMOCRACIA COMUNISTA”: PETISTAS AGRIDEM COVARDEMENTE MANIFESTANTES EM FRENTE A PETROBRÁS

Acima, pós-graduandos de Chaui, que também odeia a classe média, ensinam como se deve entender a “Cultura e Democracia”

Em uma das matérias mais mentirosas do ano, a Globo mentiu deslavadamente em um texto com o título "Ato em defesa da Petrobrás tem troca de socos entre petistas e grupo que pede impeachment de Dilma".

Anote o nome dos jornalistas: Juliana Castro, Alexandre Rodrigues e Douglas Mota. Eu jamais compraria nem um patinete usado desses três.

Entretanto, toda a matéria da Globo se baseia em dizer que "ocorreu troca de socos entre ambos os lados". Nada poderia estar mais longe da verdade. Uma "troca de socos" envolve dois lados brigando, e não apenas petistas agredindo. Em português claro: O Globo mentiu para proteger os agressores do PT. (Na verdade, são da FUP, que é composta de petistas)

O vídeo abaixo, omitido pela matéria da Globo, mostra a postura de enfrentamento e coação praticada pelos petistas. Não é preciso estudar Sun Tzu para ver que o lado petista buscava invadir o espaço do outro:



E esta então:


Dois petistas batendo em um outro? É bem o estilo do chavismo mesmo. Assim como as tropas de Maduro, eles atacam em bando.

Só nos resta constatar o óbvio:



Enfim, depois dessa o PT não está mais apto para conviver em sociedade. Eles decididamente se tornaram um partido antissocial.

O Congresso tem a obrigação moral de denunciar estas atrocidades, inadmissíveis para qualquer sociedade civilizada. Mais uma vez, o PT retorna às eras tribais.

A hipocrisia deles é tamanha que hoje estão chorando dizendo que "o neofascismo" expulsou Guido Mantega do Hospital Albert Einstein:





Epa, epa, esperem aí.


Segundo os petistas, o que foi feito com Guido Mantega (que não foi agredido, apenas vaiado) é "neofascismo". Devemos supor então que, pelas regras deles, o que fizeram hoje na frente da sede da Petrobrás no Rio é ultra fascismo

Via: http://www.criticapolitica.org/
Por Luciano Ayan

Nenhum comentário