Últimas

“A CIA ME LIGOU PARA SABER COMO CRIAR ARMAS CLIMÁTICAS”


A CIA está investindo enormes recursos no desenvolvimento de armas de geoengenharia e poderia elaborar armas climáticas com base nessa tecnológica, confessa um reconhecido climatologista americano que recebeu uma ligação dos oficiais da CIA.

O distinto climatologista e professor da Universidade de Rutgers, EUA, Alan Robock, alertou que a Agência Central de Inteligência dos EUA, CIA, poderia desenvolver um armamento climático, relata o The Independent. De acordo com o especialista, há três anos, ele recebeu um telefonema dos consultores da CIA interessados em saber se havia alguma possibilidade de que um país podesse controlar o tempo dos EUA e como poderia saber.

"Depois de pensar um pouco, eu disse a eles que, se alguém introduzir algum material na atmosfera, seria possível determina-la", diz Robock. "Ao mesmo tempo, eu pensei que talvez eles estivessem interessados em saber se poderiamos controlar o clima de um país, sem eles saberem", Acrescenta.

Se trata do desenvolvimento da tecnologia de geoengenharia que se destina em fornecer soluções para combater o aquecimento global, com intervenções artificiais no mar ou na atmosfera superior. No entanto, as consequências a longo prazo desta tecnologia são desconhecidas e se é possível usá-lo para fins de outros cientistas. Segundo Robock, a CIA está muito interessado na geoengenharia e propõe um enorme financiamento para o projeto.

"Eu senti medo após a ligação. Eu sei de muitas coisas que fez a CIA que não respeitam as regras e não gostaria de tributar a população que foram direcionados para essas metas", diz o climatologista.

Tradução: Últimos Acontecimentos.

Fonte: RT.

Um comentário

Nardo Deboni disse...

Existe no Alasca desde 1993 a arma branca geofisica HAARP.
Será que é natural as secas em nossas plantações no ano que vamos bater recordes de produção? ?