Últimas

Vereador pede cancelamento do carnaval por crise hídrica



Só faltando água mesmo, pra esta vagabundagem acabar...

O vereador Gilberto Natalini (PV-SP) pediu nesta quinta-feira (22) ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) e ao prefeito Fernando Haddad (PT) que cancelem o Carnaval 2015 na cidade de São Paulo por causa da falta d'água.

Ele alega que a festa ameaça o abastecimento de água na Região Metropolitana porque atrai milhares de turistas. Segundo a SPTuris, a cidade recebe em média 120 mil turistas no carnaval.

A programação de blocos de rua começa no fim de janeiro, e os desfiles no Anhembi ocorrem entre 13 e 15 de fevereiro.

O Sistema Cantareira, reservatório que abastece 6,2 milhões de pessoas na Grande São Paulo, opera com 5,4% da capacidade nesta quinta-feira. Outros sistemas que atendem a capital, como o Alto Tietê, também estão com níveis críticos por causa da falta de chuva desde o ano passado.

Procurados pelo G1, o governo estadual, responsável pela gestão hídrica, e a Prefeitura, que organiza o carnaval, não tinham se manifestado até a mais recente atualização desta reportagem.

Segundo Natalini, que também preside a Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de São Paulo, os grandes eventos realizados na capital devem ser repensados de imediato porque também estimulam o consumo de água e sobrecarregam os sistemas de abastecimento, que já estão comprometidos.

"A única solução imediata para a crise neste momento é a economia nas torneiras. São Paulo tem uma série de grandes eventos, e o que eu peço para a Prefeitura e para o governo do estado é que repensem essa agenda até que a situação seja resolvida. É uma situação que passou de preocupante para uma calamidade pública", disse o vereador.

A única solução imediata para a crise neste momento é a economia nas torneiras. (...) É uma situação que passou de preocupante para uma calamidade pública"
Gilberto Natalini, vereador pelo PV

Via: G1

Nenhum comentário