Últimas

Passou dos limites: Enquanto Dilma ordena corte de energia no Brasil, constrói hidrelétricas em outros países



A mesma Dilma que ontem ordenou o corte da energia em 12 estados - de forma criminosa porque não avisou a população com antecedência, gerando caos, deixando as pessoas presas no metrô, em casa e no trabalho sem poder produzir e com os alimentos estragando na geladeira porque é um dos dias mais quentes dos últimos tempos - é a Dilma que está investindo bilhões do nosso dinheiro em hidrelétricas em outros países.

Se aqui falta energia em razão das pautas desastrosas que Dilma impôs ao setor, se aqui o preço aumenta vertiginosamente porque ela foi meter o bedelho num assunto que desconhece e se aqui o ONS - Operador Nacional do Sistema Elétrico atribui a culpa do apagão intencional a você, que estaria consumindo demais, a construção de usinas mundo afora com recursos do BNDES vai muito bem, obrigado!

Na foto, algumas delas - mas não todas. A usina de Chagalla, no Peru, tem investimento brasileiro de US$ 320 milhões e a obra é da Odebrecht; a de Tumarín, na Nicarágua, com investimento brasileiro de US$ 343 milhões e obra da Queiroz Galvão; a de San Francisco, no Equador, com investimento brasileiro de US$ 243 milhões e obra da Odebrecht; e a barragem de Moamba Major, em Moçambique, com investimento brasileiro de US$ 350 milhões e obra da Andrade Gutierrez.

Parabéns aos envolvidos.

Por: Guilherme Arnoldi

2 comentários

Richard disse...

A verdade vai se mostrando, o detalhe é que a maioria do povo, se vende por Bolsa Família, escola entre outras ajudas.
Enquanto continuarmos com o voto obrigatório e essa coisa de jeitinho brasileiro, vamos continuar sendo um pais que um dia pode ser algo.

Richard disse...

Muito bom o site!!!