Últimas

México: Erupção em vulcão cria coluna de fumaça de 3 mil M²



O vulcão de Colima, no ocidente do México, registrou uma forte erupção às 8h57 (12h57 de Brasília) deste sábado, que gerou uma coluna de fumaça e vapor de três mil metros de altura sobre a cratera, segundo fontes da Proteção Civil. Quatro horas depois, foi registrada uma nova exalação no vulcão, de 1.200 metros de altura.

A erupção desta manhã provocou a queda de cinza nos municípios de Zapotlán El Grande, Gómez Farías, Concepción de Buenos Aires e Manzanilla de la Paz, no sul do Estado de Jalisco, onde se situa parte do vulcão, informou em comunicado a Unidade Estatal de Defesa Civil e Bombeiros de Jalisco.

É previsto que nas próximas horas também ocorra a queda de cinza nos municípios de Tolimán, Tuxpan, Zapotiltic, Tamazula de Gordiano, Valle de Juárez e Mazamitla, em Jalisco.

Até agora não foram registrados danos materiais nem vítimas. A Unidade de Defesa Civil do Estado de Colima, que divide o vulcão com Jalisco, informou que a erupção foi similar à ocorrida em 21 de novembro do ano passado, quando houve queda de cinza a 25 quilômetros de distância da cratera.

As redondezas já se prepararam para a previsão de uma provável nova erupção, visto que nas últimas semanas o vulcão registrou muita atividade.

Além do monitoramento nas últimas semanas, cientistas de Jalisco e Colima realizaram sobrevoos na cratera e observaram várias emissões de gases, assim como fluxos de lava em direção ao sudoeste do vulcão.

Ambas os Estados recomendaram aos moradores das redondezas para tomar precauções extremas e não se aproximar a menos de cinco quilômetros do vulcão.

Também aconselharam não realizar atividades físicas ao ar livre e colocar toalhas úmidas em portas e janelas para evitar a entrada de cinzas, além de cobrir caixas d'água.

Com uma altitude de 3.820 metros sobre o nível do mar, o vulcão de Colima é considerado um dos mais ativos do México.

Via: Terra

Nenhum comentário