Últimas

Boko Haram utiliza meninas raptadas como meninas-bombas



Os recentes ataques suicidas na Nigéria, com meninas de até 10 anos revelam uma nova tática de terror do Boko Haram, grupo islâmico nigeriano, comentam os especialistas.

No sábado e domingo da semana passada o Boko Haram realizou três ataques suicidas utilizando muitas meninas de cerca de 10 anos, relata a NBC News. Os ataques aconteceram poucos dias depois de uma onda de assassinatos em Baga, Nigéria, onde o grupo ateou fogo a pelo menos 10 pessoas, levando ao desaparecimento de 2.000 pessoas. Na quinta-feira, o secretário de Estado, John Kerry, descreveu o ataque como "um crime contra a humanidade".

Especialistas dizem que Boko Haram parece estar usando meninas raptadas nas aldeias da Nigéria como homens-bomba. Em Abril, o rapto de 276 meninas em Chibok desencadeou uma campanha de mídia social com o slogan #BringBackOurGirls (devolvam nossas meninas), um dos hastags mais ressonantes do mundo em 2014.

"O uso de crianças para transportar e detonar explosivos não é uma tática nova de Boko Haram, mas está se intensificando", disse Elizabeth Donnelly, assistente do chefe do programa de África no Instituto Real de Relações Internacionais, que acredita que as meninas raptadas pelo Boko Haram são para "recursos sacrificáveis".

Tradução: Últimos Acontecimentos.

Fonte: RT.

Nenhum comentário