Últimas

Tucano Soviete: Alckimin irá criar CONSELHOS POPULARES



Essa é a falsa oposição... PSDB é esquerdista até o talo!

Falaram tanto da Dilma... e estão fazendo a mesma coisa....
Esse é um tapa na cara dos ingênuos que acreditaram que os tucanos são oposição do PT...

Tenho falado isso já a um bom tempo!


Confira a notícia:

Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou projeto de lei que autoriza o governador Geraldo Alckmin, do PSDB, a instituir a Política Estadual de Participação Social e o Sistema Estadual de Participação Social, a fim de abrir espaço para maior participação popular na elaboração de políticas públicas; texto é similar ao sugerido pela presidente Dilma, que foi derrubado em novembro pela oposição no Congresso Nacional sob a acusação de que poderia abrir caminho para a doação de um "sistema bolivarianista"; dois pesos e duas medidas?

Os deputados estaduais de São Paulo aprovaram um projeto de lei na última quarta-feira 3 que autoriza o governador Geraldo Alckmin (PSDB) a criar conselhos populares com o objetivo de abrir espaço para maior participação da sociedade na elaboração de políticas públicas. Trata-se da Política Estadual de Participação Social e do Sistema Estadual de Participação Social.

O PL 1073/2014, de autoria da bancada do PT, foi aprovado por consenso na Assembleia Legislativa, ou seja, sem a oposição de algum partido ou parlamentar. O texto é similar ao projeto apresentado pela presidente Dilma Rousseff barrado pela oposição no Congresso Nacional em novembro sob a acusação de que poderia abrir caminho para a adoção de um "sistema bolivarianista" no Brasil.

Na opinião do líder do governo na Alesp, deputado Barros Munhoz (PSDB), o projeto não causa embaraços a Alckmin por se tratar de uma lei autorizativa e não impositiva. "Como é autorizativo, não tem nenhuma contra indicação. É um projeto sem grandes indagações", definiu. Segundo ele, o PL foi aprovado após um consenso no Colégio de Líderes da Casa. Fontes afirmam que o governador ainda não avaliou a iniciativa, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

Via: Site esquerdista Brasil247

Nenhum comentário