Últimas

Farsa: Greenpeace e WWF são financiadas pela Shell e Fundação Rockeffeller


Parece que o "Petróleo Verde" gera grande benefícios aos interesses das corporações mais contaminadoras do planeta: a WWF foi fundada e é, atualmente, administrada pela Royal Dutch-Shell. Mas isso não é tudo. Temos novidades sobre o Greenpeace! (outro dos patrocinadores do Movimento Zeitgeist, como a WWF). Neste sentido e como marco orientador esclarecemos que o "Petróleo Verde" refere-se à estratégia suja usada por entidades como o Greenpeace e a WWF.

"Nada mais perverso e eficaz que apelar aos sentimentos nobres ou valores éticos do ser humano incorporados na consciência social de um povo ou uma nação com a finalidade de utilizá-los e manipulá-los no detrimento do conjunto de interesses que ele representa", Obrigado Hector Alderete do SEPRIN por esta crítica eloquente que reflete, nada mais nada menos, a ação das megas companhias de inteligência e guerra "ambientalista" psicológica, regulamentadas pelo M16, CFR, Bilderberg e ZOG.

"Dê-me o controle da economia de um país e não me importo com quem faz as suas leis". Mayer Amschel Rothschild (1743-1812)

Os bancos da família Rothschild são parte do núcleo central do emaranhado de bancos lavadores de dinheiro da CIA e do M16, e durante os anos 70 e 80 financiaram diretamente os projetos da CIA.

Utilizando o gigantesco aparato dos meios de comunicação de massa, e uma propaganda obscena em jornais que presumidamente representariam o inimigo, como o: The New York Times, The Washington Post, Times, etc, a propaganda é direcionada para um determinado público jovem e não tão jovem.

O Greenpeace se apresenta perante o mundo como uma organização ecológica holandesa de caráter internacional dedicada a "Proteger o meio ambiente e a ecologia", segundo diz o seu objetivo social que figura inscrito no estatuto de sua fundação no registro de Inspeção Geral da Justiça Argentina (IGJ).

Se qualquer pessoa ou grupo se atreve a questionar o aquecimento global e a ortodoxia das grandes mudanças climáticas os clérigos verdes primeiro tentarão desacreditá-los, normalmente pulando sobre a mesa e apontando seus rostos com o dedo e dizendo: "Você é financiado pelas grandes petroleiras!".

Isto torna tudo mais irônico, quando em primeiro lugar você considerar quem fundou, e mais tarde administra a grande bandeira verde de guerra para o movimento "verde" moderno.

O recente artigo de Donna Laframboise, intitulado The WWF’s Vast Pool of Oil Money (A imensa piscina de dinheiro do petróleo da WWF) narra a ascensão da caridade verde globalista - financiada pela gigante do petróleo Royal Dutch Shell, cujo ex presidente com 15 anos de trabalho na corporação, John Loudon, em seguida, atuou como presidente da WWF Internacional durante 4 anos.

Em 1961, a Shell Oil destinou a bonita soma de 10.000 libras para a fundação da WWF no Reino Unido, dinheiro que em termos atuais seria equivalente a £ 418.000 ou $ 663.000 dólares (veja a calculadora histórica aqui).

E isso foi só o começo. A WWF seguiu na onda do dinheiro do hidrocarboneto durante os 40 anos seguintes - coletando milhões por parte de gigantes como a British Petroleum, Shell e outras corporações, até o ano de 2000.

Greenpeace Blackmoney

Não é de se estranhar que os auto-proclamados "socialistas tecnocratas" do Greenpeace dizem em sua própria página da web que a ideia de liberdade de expressão não é aplicável quando se debate sobre o clima, e atacam com frequência os cientistas honestos e independentes que desnudam a verdade com base em suas supostas conexões como as "grandes petroleiras".

De acordo com o Greenpeace:

"Existe uma diferença entre liberdade de expressão e realizar uma campanha para negar a ciência do clima, com o objetivo de minar a ação internacional sobre a mudança climática... A Liberdade de expressão não se aplica à desinformação e a propaganda".

Dinheiro ativista

A sua própria postura militante se torna ainda mais interessante pelo fato de que o Greenpeace foi fundado pela Standard Oil Company, e que atualmente é financiada com dinheiro da indústria petroleira.

Veja você mesmo:

Rockefeller Brothers Foundation
Greenpeace $ 1,080,000.00 1997 a 2005
Sierra Club $ 710,000.00 de 1995 até 2001
ACORN $ 10,000.00 2002 a 2002

Rockefeller Family Fund
Greenpeace $ 115,000.00 de 2002 até 2005
Sierra Club, $ 105,000.00 de 1996 até 2002
ACORN $ 25,000.00 1998/98

Fundação Rockefeller
Greenpeace $ 20,285.00 1996 a 2001

Basta dizer que nenhum destes campeões da mudança climática e adeptos do governo mundial, como a WWF ou o Greenpeace, poderiam existir se não fosse pelo delicioso dinheiro da industria petroleira, a mais poluente da Terra.

Outra "verdade inconveniente" deve ser revelada aqui. O líder não oficial do movimento alarmista do aquecimento global, Al Gore, também é um apaixonado investidor da industria do hidrocarboneto.

As estimativas colocam as ações de Al Gore na Occidental Petroleum em mais de $500.000 dólares, o que explica porque Al Gore ordenou a venda da Naval Oil Reserve dos EUA à Occidental Petroleum - sem licitação, naturalmente.

No entanto, muitas pessoas admiram Al Gore por suas maravilhosas "credenciais ecológicas", e seu alegado "amor ao meio ambiente". Será um caso de cegos conduzidos por loucos?

Fontes:
- BWN Argentina: Greenpeace y la WWF financiadas por Shell y Rockefeller
- Measuring Worth: Five Ways to Compute the Relative Value of a UK Pound Amount, 1270 to Present
- Seprin
- Isabel de la Fuente: EL REGALO DE LA MODERNA MANZANA ENVENENADA DE LOS ROTHCHILDS.
- Secret Intelligence Service M16
- Council Foreign Relations
- Metapedia: Gobierno de ocupación sionista

Via: anovaordemmundial.com

Nenhum comentário