Últimas

Estaria Reinaldo Azevedo fazendo o jogo da esquerda?



Em um dos seus últimos artigos, Reinaldo Azevedo deixou de lado a coragem e a vontade de defender a verdade. Tudo que um bom jornalista não deve fazer. São tão poucos os articulistas e comentaristas independentes aqui no Brasil que quando um abandona essas raras características resta-nos lamentar.

Reinaldo foi ingênuo ou pretende pegar carona na campanha do politicamente correto? Ele não percebeu o jogo de vitimismo forçado utilizado pela esquerda para faturar politicamente ou não acredita nisso? Se ele sabe que essa manipulação existe, por que não a denuncia também?

Se ele diz compreender que os termos usados pelo deputado, por mais grosseiros que sejam, possam ser uma "estridência meio circense", é porque percebeu o tom sarcástico da frase. Ou ele acredita que Bolsonaro realmente pensa que alguém mereça ser estuprado?

Já a dona Maria do Rosário não foi nada irônica e utilizou de xingamentos como quem crê fielmente no que diz. Sendo assim, por que Reinaldo Azevedo não escreve um artigo para desmascarar a pilantragem da deputada petista e seus defensores? Por que ele preferiu atacar o deslize de Bolsonaro em resposta ao ataque claro dos sociopatas "progressistas"?

Se Reinaldo pôde constatar que "há assuntos que são de uma chatice quase insuportável pelo muito que trazem de oportunismo, de estupidez, de vigarice ideológica…", ele poderia também perceber a estratégia articulada entre mídia e a turma da extrema esquerda política.

É clara a intenção de atacar o deputado carioca. Para completar a ignorância, o blogueiro da Veja cita a família Bolsonaro. Azevedo deixa de discorrer melhor sobre o tema que propôs e parte para um ataque pessoal. Mostra que o problema são os Bolsonaros - essa gente tão desimportante que deveria dar espaço a opositores moderados, sem gás, polidos e sem apelo popular.

Segundo o jornalista, a opinião do capitão da reserva não exerce influência nenhuma entre os militares. Essa é a prova de quem não acompanha a carreira política e os eventos nos quais o deputado se faz presente. É o argumento de quem só lê matérias dos grandes jornais e atende o apelo da extrema-esquerda para agir contra o terrível brucutu Jair Bolsonaro.

Reinaldo Azevedo é mais um que foi estuprado pela covardia e pela omissão. Agora só falta posar sem camisa, com um cartaz clamando "Fora Bolsonaro!" e repetindo a retórica vigarista da esquerda.

Via: Mídia Inversa

Nenhum comentário