Últimas

Desastre em Fukushima continua afetando o Planeta e líderes mundiais continuam a negar os fatos

Fukushima-leak

Agora, o governo japonês aprovou uma dura lei de segredos de Estado, que ameaça reduzir ou eliminar informações confiáveis sobre Fukushima.

Em 11 de março de 2011, ocorreu o desastre na usina nuclear de Fukushima, sendo o resultado de um derretimento de três dos seis reatores nucleares da usina. A falha ocorreu quando a usina foi atingida por um tsunami provocado por um terremoto de magnitude 9,0. Desde o ocorrido as autoridades do Japão não tocam no assunto como deveriam, com extrema importância, ocultando fatos, números e estatísticas assustadoras do desastre que continuam a ocorrer no Japão e pelo Mundo.

Nesta rede de desinformações muito foi distorcido sobre o que ocorreu com os planos de conter a radioatividade de se espalhar pelo ar e água, chegando a níveis mundiais nunca antes vistos, fazendo o desastre de Chernobyl parecer brincadeira de criança. Confiram abaixo o vídeo onde vem a público mostrar o que ocorreu no Planeta em 2011 após desastre em Fukushima. O mapa mostra a radioatividade se espalhando pelo mundo. Após alguns anos é só imaginar como e por onde a radioatividade já tenha chegado…



As desculpas para abafar o caso Fukushima estão em todos os lados, política, social, ecológico entre outros que apenas aumentam a bola de neve formada que está ladeira abaixo pronta para atingir seu alvo. Temos o maior desastre nuclear na história da humanidade e a preocupação está sendo totalmente desviada. Começam a surgir perguntas se este desvio é intencional por parte de um plano maior (do tipo “vai apenas infectar as pessoas mas não causará grandes danos ao Planeta”), ou se o estrago já é tão grande e perpetuará entre gerações e eles apenas querem abafar este triste fato.

Outro ponto crucial é saber que as usinas nucleares são sim, uma das mais limpas fontes de energia que temos e podemos utilizar muito bem, são mais baratas que as demais e não modificam a fauna e flora ao seu redor como as hidroelétricas, carvão e etc. Mas antes que você venha com as pedras na mão achando que estou maluco, acalme-se e pense comigo. Por que ter uma energia limpa, que gera muito mais com muito menos destruição da natureza se pode-se produzir muito dinheiro com os outros modos de gerar energia? É mais fácil sabotar, explodir e dar má reputação as usinas nucleares para que parem de produzir, enquanto isso bombas nucleares sim, são produzidas, estocadas mas neste ponto ninguém toca não é mesmo?

Via: http://verdademundial.com.br/

Nenhum comentário