Últimas

Inglaterra faz uma nova lei: Escolas que ensinam CONTRA a homossexualidade serão FECHADAS

A tirania homo só está ficando pior e pior. Com o aumento da tolerância ao mal, vem o aumento da tirania. Agora, o governo britânico está decretando que qualquer escola que ensine contra o homossexualismo será fechada, de acordo com o Daily Mail (artigo aqui):


Secretária de Educação, Nicky Morgan, disse que qualquer escola que seja encontrada “doutrinando” as crianças contra a homossexualidade serão fechadas.

Escolas que forem encontradas ‘doutrinando os alunos sobre os gays’ serão fechadas sob as novas regras destinadas a promoverem os “valores britânicos”, confirmou o Governo hoje (02/11/2014).

O Departamento de Educação insistia que era um “absurdo” sugerir que os professores teriam de dar lições sobre os direitos dos homossexuais.

Mas um porta-voz da Ofsted, o Escritório para Padrões em Educação do Reino Unido e dos Serviços e Habilidades para Crianças, o qual introduziu as novas regras na esteira da trama islâmica do “Cavalo de Tróia” (são escolas assumidas por gestores muçulmanos que impuseram padrões educacionais islâmicos às mesmas) que é uma conspiração para radicalizar os alunos em Birmingham, este porta-voz insistiu que era o correto garantir que as escolas não seriam um terreno fértil para a homofobia.

Um porta-voz disse: “A Ofsted está justamente assegurando que as escolas não doutrinarão os alunos sobre os gays – ou quaisquer outras pessoas – como sendo inferiores”.

“O mesmo vale para as escolas que fazem coisas como obrigar as meninas a sentarem-se separadamente na parte de trás da classe. Ambas são práticas que vão diretamente contra os valores britânicos fundamentais da tolerância e do respeito”.

“Nós acreditamos que as escolas devem preparar todos os alunos para a vida na Grã-Bretanha moderna. Um currículo amplo e equilibrado é fundamental para isso”.

Mas o porta-voz disse que era “um absurdo” dizer que as crianças seriam ensinadas sobre os direitos dos homossexuais.

Tristram Hunt que trabalha à sombra da secretária de educação, disse que a Sra. Morgan “claramente não acredita que os direitos LGBT são valores britânicos”.

Ele disse: “a educação do sexo obrigatório e de relacionamento, incluindo os direitos de LGBT, em todas as escolas é o senso comum, não um disparate”.

“Nicky Morgan deveria pedir desculpas pela ofensa que tenha feito ao afirmar que é um absurdo para todas as escolas ensinarem os direitos dos homossexuais”.

Isso aconteceu depois que a Secretária de Educação, Nicky Morgan, – que foi quem disse na semana passada que ela tinha mudado de idéia sobre o casamento gay depois de votar contra a sua introdução – advertiu para as escolas não “fecharem suas mentes”.

Ela disse ao Sunday Times que as escolas devem ensinar “aos alunos a respeitarem as outras pessoas, mesmo se eles não concordam com eles”.

Morgan disse: “Eu deveria ter pensado que este é um princípio com o qual a grande maioria das pessoas concordaria. Todas as escolas de qualquer tipo têm o dever de proteger os jovens e garantir que eles deixem a escola totalmente preparados para a vida na Grã-Bretanha moderna”.

“Esses valores – democracia, estado de direito, liberdade individual, respeito mútuo e a tolerância das pessoas com diferentes credos e crenças – não são novos. A obrigação de “promover ativamente” a eles é desenhado para reforçar a importância que este governo atribui a esses valores”.

As escolas foram avisadas de que aquelas que não conseguem seguir as novas regras dos valores britânicos serão julgadas inadequadas e podem enfrentar o fechamento pelos inspetores da Ofsted.

O movimento segue as inspeções de encaixe pela Ofsted em 40 escolas, incluindo aquelas para os alunos cristãos e judeus. Elas foram lançadas na esteira do caso “Cavalo de Tróia” em Birmingham, como parte dos esforços do governo para combater o extremismo.

Morgan está apoiando o chefe da Ofsted, Sir Michael Wilshaw, que dirá que qualquer escola suspeita de não ensinar um currículo amplo e equilibrado, de queda rápida dos padrões ou de não preparar as crianças para a vida na Grã-Bretanha moderna enfrentará inspeções sem aviso prévio.

Pela primeira vez, as regras dão ao inspetores os poderes para rebaixar as escolas onde os professores estejam a infringindo a Lei da Igualdade, que favorece o respeito por lésbicas, gays e transgêneros, bem como os de outras religiões e raças.

Via: * Artigo traduzido por mim, link do artigo original aqui: England Makes A New Law: Schools That Teach Against Homosexuality Will Be Shut Down

Via: http://dcvcorp.com.br/

Um comentário

Herzog disse...

Que absurdo! Agora as crianças serão ensinadas desde cedo a tolerar e respeitar o próximo, independente de sexualidade, credo, cor ou gênero! Isso é totalmente o contrário do que Jesus pregou #mimimi #estourevoltado #oprimidoporserhetero