Últimas

Foram reveladas negociações secretas entre Israel e palestinos



Representantes israelenses e palestinos permaneceram abertos durante quatro anos em um canal paralelo e as negociações secretas progrediram "substancialmente" em questões como fronteiras e refugiados, mas não na controvérsia sobre Jerusalém, como foi revelado pelo jornal "Haaretz".

Segundo o jornal, esta rota se sentou na mesma mesa Yitzhak Molho, conselheiro do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e representante palestino à publicação esquerda não identificado.

As negociações foram interrompidas quando, de acordo com o Haaretz, citando um artigo do jornalista israelense Amir conhecido Tibbon, Israel sabia que não tinha parceiro palestino apoio do presidente palestino, Mahmoud Abbas.

"O representante curso Abbas se reuniu sem realmente mandato do presidente palestino. As concessões feitas com Molho não representam as idéias do presidente", disse Tibbon.

"Partes dessa história ainda não estão claros, o mais importante deles por que essa falta de comando foi ignorado ou não atendidas a tempo", acrescentou.

As supostas conversas secretas começaram em 2010 e ela também estava envolvido Dennis Ross, enviado especial do presidente dos EUA, Barack Obama, acrescentando que "Haaretz"

A informação não foi confirmada nem negada até agora pelos oficiais ou fontes israelenses ou palestinos. 
 
Via: EFE  e http://www.aurora-israel.co.il/

Nenhum comentário