Últimas

Novo suicídio de um banqueiro: 16° Executivo financeiro que se suicida este ano


Neste verão, parecia que haviam cessado os suicídios de banqueiros que tanto nos surpreenderam durante os primeiros meses de 2014.

Mas tal e como informa o Bloomberg, Thierry Leyne, um banqueiro franco-israelense, sócio de Dominique Strauus-Kahn, o ex chefe do FMI que caiu em desgraça por seus escândalos sexuais, morreu na quinta-feira passada, dia 23 de outubro, após aparentemente, tirar a vida saltando do 23° andar das Torres Yoo, um prestigiado complexo residencial em Tel Aviv.

Thierry Leyne

Com a morte de Leyne, o número de executivos financeiros mortos este ano em circunstâncias estranhas sobe para 16, dos quais cinco morreram após se atirar de janelas ou telhados.

Estes são os casos de suicídio de executivos financeiros durante o ano de 2014:

1 - William Broeksmit, 58 anos de idade, ex alto executivo do Deutsche Bank AG, foi encontrado morto em sua casa após um aparente suicídio em South Kensington, centro de Londres, em 26 de janeiro.

2 - Karl Slym, 51 anos, diretor gerente da Tata Motors, foi encontrado morto no quarto andar do Hotel Shangri-La em Bangkok, em 27 de janeiro.

3 - Gabriel Magee, funcionário de JP Morgan de 39 anos de idade, morreu após cair do telhado da sede da JP Morgan europeia em Londres em 27 de janeiro.

4 - Mike Dueker, 50 anos de idade, economista chefe de um banco de investimentos dos EUA. Foi achado morto próximo à ponte de Tacoma Narrows, no estado de Washington.

5 - Richard Talley, 57 anos de idade, fundador do American Title Services em Centennial, Colorado, foi encontrado morto no começo deste mês logo após, aparentemente, de atirar em si mesmo com uma pistola de pregos.

6 - Tim Dickenson, diretor de comunicações do Swiss Re AG no Reino Unido, também morreu no mês passado, embora as circunstâncias de sua morte ainda são desconhecidas.

7 - Ryan Henry Crane, 37 anos de idade, executivo da JP Morgan, morreu em aparente suicídio há apenas algumas semanas. Não há detalhes públicos sobre a sua morte.

8 - Li Junjie, 33 anos de idade, banqueiro de Hong Kong, pulou do alto da sede de JP Morgan em Hong Kong.

9 - James Stuart Jr, ex presidente do Banco Nacional do Comércio, foi encontrado morto em Scottsdale, Arizona, na manhã do dia 19 de fevereiro. Um porta-voz da família não disse qual foi a causa de sua morte.

10 - Edmund (Eddie) Reilly, 47 anos de idade, agente da bolsa do Grupo Vertical de Midtown, se suicidou ao pular na frente de um trem.

11 - Kenneth Bellando, 28 anos, corretor de capital Levy e ex analista do setor bancário de investimentos JP Morgan, saltou do 6° andar de seu apartamento em East Side.

12 - Jan Peter Schmittmann, 57 anos, ex diretor geral do banco holandês ABN Amro, foi encontrado morto em sua casa próxima à Amsterdam, junto de sua esposa e filha.

13 - Li Jianhua, 49 anos, diretor da Comissão Reguladora Bancária da China, morreu após um repentino ataque do coração.

14 - Lydia (nome não especificado), 52 anos, saltou do 14° andar do Bred-Banque Populaire em Paris.

15 - Julian Knott, 45 anos, assassinou sua esposa e depois se suicidou com uma escopeta em Jefferson Township, Nova Jersey.

16 - Thierry Leyne, 48 anos, saltou do 23° andar de um bloco de apartamentos de luxo em Tel Aviv.

Evidentemente são pessoa submetidas a muito estresse e talvez isso ajude a explicar por que tantos suicídios.

No entanto chama a atenção que pessoas tão acomodadas decidam tirar a vida, muitos deles no melhor momento de suas carreiras.

Suspeito...

Fontes:
- El Robot Pescador: Nuevo suicidio de un banquero: 16º ejecutivo financiero que se suicida este año
- Zero Hedge: Banker Suicides Return: DSK's Hedge Fund Partner Jumps From 23rd Floor Apartment

Via: http://www.anovaordemmundial.com

Um comentário

pork borg disse...

a boa e velha queima de arquivos (não todos, claro)