Últimas

Cristã? Marina se une a Dilma e Aécio na condenação à opinião 'homofóbica' de Levy Fidelix



"Fiz-me acaso vosso inimigo, dizendo a verdade?" - Gálatas 4:16

Fidelix fez o que muito candidato "evangélico", "cristão", se omite em fazer em troca de votos: dizer a verdade!

A revista Veja disse que Dilma, Marina e Aécio repudiaram o comentário “homofóbico” do candidato Levy Fidelix. O que foi que Levy disse que desagradou aos três? Do que ele disse, o que a imprensa mais destacou foi:

“Aparelho excretor não reproduz (...) Como é que pode um pai de família, um avô ficar aqui escorado porque tem medo de perder voto? Prefiro não ter esses votos, mas ser um pai, um avô que tem vergonha na cara, que instrua seu filho, que instrua seu neto. Vamos acabar com essa historinha. Eu vi agora o santo padre, o papa, expurgar, fez muito bem, do Vaticano, um pedófilo. Está certo! Nós tratamos a vida toda com a religiosidade para que nossos filhos possam encontrar realmente um bom caminho familiar.”

Ora, o Brasil é o maior país católico do mundo. O que há de mal no senhor Levy, que é pai e avô e merece um mínimo respeito dos três candidatos, se expressar como católico? Mesmo desconsiderando a religião dele, a opinião dele é diferente do que pensa a vasta maioria do povo brasileiro? Não. De acordo com pesquisa realizada por um instituto ligado ao PT, 99% do povo brasileiro é “homofóbico,” isto é, tem opiniões contrárias ao comportamento homossexual. Confira as matérias aqui:

A opinião de Levy então expressa os sentimentos de uns 99% dos brasileiros. O que é pior então, a opinião de um pai e avô ou a atitude de homossexuais que enfiam o braço no ânus do parceiro ou lhe lambem o ânus? Desculpe-me o linguajar grosseiro, mas essas palavras, ainda que grossas, são limitadas para descrever a sujeira das relações homossexuais.

Até entendo Dilma e Aécio respeitarem mais essa sujeira do que a um pai e avô. Mas e Marina, que se diz evangélica? Qual foi a intenção dela ao se unir a Dilma e Aécio? Se ela quis mostrar que é igual a eles, conseguiu. Se ela quer estar na moda de agradar aos adeptos do sexo fecal, conseguiu. Se ela quer surfar só nas ondas politicamente corretas, conseguiu. Já é surfista PC.

Posso não concordar com 99% dos brasileiros que são, à sua própria maneira, contrários a um comportamento comprovadamente sujo e prejudicial à saúde. Mas respeito a opinião deles, muitos dos quais são pais, mães e avós. Por que a evangélica Marina não consegue respeitar as opiniões desses pais, mães e avós, mas consegue respeitar as elites globalistas que são hipersensíveis às questões homossexualistas?

Por que, no momento de escutar e entender um pai e avô, ela prefere se unir a Dilma e Aécio, que são guiados pelo príncipe deste mundo? Aliás, por que ela prefere surfar na onda desse príncipe das trevas?

É natural a escuridão de Dilma e Aécio, mas onde está a luz do Evangelho de Marina?

Todos unidos, prontos para fazer um linchamento midiático, social, legal e político de um avô católico, e tudo o que dona Marina consegue fazer é se unir aos opressores e perseguidores?

Por que Marina é igual aos outros, que desrespeitam um avô católico que fala sobre o homossexualismo exatamente do jeito que é?

Não conheço o histórico de Levy, mas a opinião dele, por mais desarticulada que seja, não é mais suja do que os comportamentos criticados por ele.

Leia agora a matéria da revista Veja:

Presidenciáveis reagem contra fala homofóbica de Fidelix 

Dilma Rousseff, Marina Silva e Aécio Neves repudiaram a declaração do nanico; PV pediu que Ministério Público abra inquérito para apurar crime


O candidato do PRTB à Presidência da República, Levy Fidelix, durante o intervalo do debate promovido pela Rede Record neste domingo (28), em São Paulo

A fala homofóbica de Levy Fidelix (PRTB) durante o debate na TV Record, neste domingo, provocou reações dos principais candidatos à Presidência da República. Nesta segunda, Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (PSB) criticaram a fala do folclórico candidato do Aerotrem, que associou homossexualidade a pedofilia.

Durante agenda em São Bernardo do Campo (SP), Aécio Neves classificou a fala como lamentável. "Nosso repúdio absoluto àquelas declarações. E como já disse mais de uma vez, na minha avaliação, todo tipo de discriminação é crime. Homofobia também."

Em entrevista coletiva em São Paulo, Dilma usou o episódio para se posicionar a favor da criminalização da homofobia. "Eu já disse que sou contra a homofobia e acho que o Brasil atingiu um patamar de civilidade que não podemos conviver com processos de descriminalização que levem à violência. Eu acho que a homofobia tem de ser criminalizada", afirmou.

A candidata do PSB, Marina Silva, considerou "homofóbicas e inaceitáveis em quaisquer circunstâncias" as declarações de Levy Fidelix e disse que sua Rede Sustentabilidade avalia entrar com ação na Justiça contra o candidato. "Não aceitamos em hipótese alguma atitude que incita ao preconceito, desrespeito, violência contra comunidade LGBT ou qualquer que seja", disse.

O Partido Verde protocolou nesta segunda-feira uma representação contra Levy Fidelix. A representação, feita a pedido de Eduardo Jorge, candidato do partido à Presidência da sigla, pede que o MP abra um inquérito contra Fidelix para apurar desrespeito à dignidade humana.

Fonte: Revista Veja

Divulgação: www.juliosevero.com

6 comentários

Róbinson Medeiros disse...

Levy Fidelix para presidente!

Gambito do Rei rEcUsAdO disse...

Ñ se iluda! Assista no yt:
Nova ordem mundial o que podemos fazer Olavo
Isso tudo é fachada, manipulação política de esquerda...

Adriano disse...

Vou votar nele e para deputado F Jair Bolsonaro.

Diário do Meu Mundo disse...

Eu como cristão digo que sua opinião a respeito desse assunto é ridícula. Vocês estão mais preocupados com a suposta agenda gay, do que realmente cumprir o evangélio que é ganhar vidas, pelo contrário, vocês estão perdendo-as. Vocês pregão o ódio.
Quem julga é Deus. Cada um prestará consta a Ele por suas obras, e, a de vocês não tem sido muito boa. Como um gay que não tem familiaridade com Deus, pode querer conhecê-lo ? - Se quem diz quem o representa, só sabe apontar o dedo para o suposto pecado, incriminando, acusando, sentenciando. Triste algumas de suas reportagens. Deixe a condenação pra que é juiz. Tragam as pessoas com mensagem de amor, porque quem pode condená-las não sou eu, nem você.
Levy Fidelis, Bolsonaro, Silas Malafaia e essas outras subcelebridades "cristãs", vão prestar conta por cada vida que perderam, com a desculpa de pregar a verdade.
Outro maior pecador, é um cristão que está nessa sujeirada da politica. O mundo jaz do maligno, ou não?
Porque vocês aqui não focam na imundícia que virou o protestantismo no brasil? Não que vocês não citam um ou outro de lhe desagradam, mas falta objetividade de blog.
Me envergonho pela comunidade e repudio alguns dos seus textos.
Em vez se sair publicando suas opiniões pessoais, coloca seu joelho no chão, e pede a Deus para lhe ensinar a conquistar as pessoas para Ele, com amor, com esperança, com futuro. Porque de acusação, injúria, ódio o Brasil já está cheio. Vocês não representam cristo, vocês representam vocês mesmos.

Guilherme disse...

O povo brasileiro vende até mesmo a alma em troca do assistencialismo estatal.

Guilherme disse...

E a maioria dos políticos brasileiros acende uma vela pra Deus e outra pro Diabo pra não desagradarem a nenhum dos seus eleitores...