Quando "liberdade" não passa de hipocrisia e rótulo político... - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

21 de jan. de 2013

Quando "liberdade" não passa de hipocrisia e rótulo político...

Artigo 5º da Constituição Federal do Brasil, inciso XVI:
XVI -- todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente.


Confira abaixo o vídeo da TFP (Sociedade Brasileira de Defesa da Tradição, Família e Propriedade fundada por Plínio de Souza) no movimento Cruzada pela Família em Curitiba sendo agredida. 

Quem são os verdadeiros agressores? Os ditos religiosos conservadores desfrutando do seu direito de protestar, ou estes que se auto-declaram defensores da "liberdade" e da "paz" mas desrespeitam, agridem e ofendem os outros?

Como podem exigir respeito, mas ao mesmo tempo, agridem seu semelhante? Como podem pregar sobre  igualdade mas agir desta forma diante de uma manifestação pacífica?
Vejo tais atos simplesmente como fruto da cultura da ignorância. Chamam os membros da TFP de nazistas sem, no entanto, terem consciência de que Che Guevara, que aposto ser idolatrado pelo movimento homossexual, matou muita gente, tal qual Hitler. Outrossim, não sabem estes cidadãos que se em Cuba morassem na época da revolução, no mínimo seriam remetidos a campos de concentração.

Esse pessoal são capazes de tudo para verem sua agenda promíscua em ação, não tem nada a oferecer e se fazem de vitimas quando a situação lhes é contrária. Hipócritas e covardes!

Confira o vídeo...


10 comentários:

Anônimo disse...

Os neonazistas da TFP nao tem direito a existir mesmo.
Foram eles que apoiaram nossa maravilhosa ditadura militar.
Não movem uma palha contra corrupção, contra latifúndio, mas resolvem fazer um barulho porque os outros estão se casando (entre si).
É o tipo de gente que quer ditar regras pra vida alheia.
O direito de livre expressao nao é absoluto. Naonazistas é bom que continuem calados, mesmo.

Anônimo disse...

Engraçado que se alguém protesta contra a parada gay, em plena parada gay, é tachado de homofóbico. Aliás, discordar das causas gays já é, pelo visto, "homofobia". Entretanto, quando há oposição de um movimento que preza a família e a propriedade - itens previstos na Constituição - , ela é "justa". Todos têm o direito de se manifestar.

Anônimo disse...

O mais triste é ver aquele moço descontrolado e sem respeito pelo ser humano falar o nome de Deus.

Anônimo disse...

"O direito de livre expressao nao é absoluto". KKKKK e quem controla este direito de livre expressão, por acaso é a ABGLT ? ahuahuah

Anônimo disse...

"O direito de livre expressao nao é absoluto". KKKKK e quem controla este direito de livre expressão, por acaso é a ABGLT ? ahuahuah

Anônimo disse...

Se alguém discorda da parada gay ou dos gays, o que tem a fazer é não participar dela ou NÃO SER GAY (ainda que isso seja aparentemente dificil a alguns de voces).
Os gays estão ali normatizando a própria vida, isto é, a vida deles, e não a dos outros.
Já a TFP, está ali protestando pelo direito não de viver a propria vida como deseja, mas de controlar a dos outros, inclusive sua vida íntima e seus DIREITOS CIVIS.
É por esse motivo que a sua comparação não tem sentido.
Os primeiros efetivamente tem o direito de se manifestar porque está se manifestando sobre SUAS PRÒPRIAS VIDAS. O mesmo nao se aplica aos neonazistas da TFP, que pleiteiam o direito de ditar a moralidade para terceiros.

Anônimo disse...

Se vc nao acredita, experimenta entrar no Congresso portanto uma suástica e alega ser seu direito de expressao. Vai preso.
O direito de livre expressao EFETIVAMENTE não é absoluto ou irrestrito. Isso é amplamente reconhecido pelos juristas. Me espanta ter gente descobrindo isso hoje.
Observa que enquanto os LGBT estao pleiteando o direito de normatizar a propria vida, a TFP está pleiteando o direito de normatizar a vida dos outros. ESTA é a diferença fundamental.

Anônimo disse...

Olá amigo, certamente você nunca teve contato com o direto constitucional. Aconselho que leia a constituição. Toda pessoa é livre para dizer o que quiser, inclusive para ofender ou fazer apologias ao que bem entender. Todavia, isto não quer dizer que a pessoa não será passível de sofrer alguma penalidade em razão do conteúdo expressado. Para ser mais didático, segue um exemplo: A pessoa 'C' chama a pessoa 'D' de bichinha, se a pessoa 'D' se sentir ofendida, então esta poderá processar a pessoa 'C' por difamação (art. 139).

Você pode entrar no congresso com uma suástica e dizer que é um nazista, porém será preso por transgredir a lei 9.549 de 1997.

Por enquanto, ainda não é crime fazer apologia a tradição, família e propriedade, assim como não é crime fazer apologia a 'liberdade sexual', diante disto te pergunto. Por que milhares de pessoas podem se reunir para fazer apologia a 'liberdade sexual' enquanto menos de duas dezenas de pessoas não podem fazer apologia a tradição, família e propriedade ?

Será que um grupo tem mais direito que o outro ? - Quem pensa assim é NAZISTA!(ou será GAYZISTA, como diria Olavo de Carvalho)

Anônimo disse...

Depois de ver o video, tive que corrigir o post do camarada que escreveu acima, ahuahuahuaha

Se alguém discorda da parada TFP ou dos integralistas, o que tem a fazer é não participar dela ou NÃO SER DA TFP (ainda que isso seja aparentemente dificil a alguns de voces).
Os integralistas estão ali normatizando a própria vida, isto é, a vida deles, e não a dos outros.
Já os GAYS, está ali protestando pelo direito não de viver a propria vida como deseja, mas de controlar a dos outros, inclusive sua vida íntima e seus DIREITOS CIVIS.
É por esse motivo que a sua comparação não tem sentido.
Os primeiros efetivamente tem o direito de se manifestar porque está se manifestando sobre SUAS PRÒPRIAS VIDAS. O mesmo nao se aplica aos gaynazistas, que pleiteiam o direito de ditar a moralidade para terceiros.

Anônimo disse...

Vc é que nunca estudou direito. O direito de expressão é RESTRITO.
Exemplo? tenta usar uma suástica pra vc ver. Vai preso.
Experimenta alegar que era expressão? não adianta.

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site