Censura: Facebook IMPEDE uso de "Guarani-Kaiowá" como sobrenome - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

15 de jan. de 2013

Censura: Facebook IMPEDE uso de "Guarani-Kaiowá" como sobrenome

A rede social passou a bloquear tentativa de incluir a etnia entre os nomes do usuário Foto: Reprodução
Agora é o Facebook que determina se temos direito de nos manifestar?

A rede social passou a bloquear tentativa de incluir a etnia entre os nomes do usuário.

A prática de mudar o nome de usuário no Facebook em demonstração de apoio à causa indígena da etnia Guarani Kaiowá está sendo impedida pela rede social. Quem tenta alterar seus dados como forma de suporte às tribos indígenas - movimento que se popularizou recentemente - se depara com uma mensagem informando sobre as regras do site, que exige das pessoas seus nomes reais.

"Exigimos que todos usem seus nomes reais no Facebook", informa a página, que em seguida mostra um link em que detalha suas regras.



Sem mencionar a polêmica, a página do Facebook Brasil explicou que "é fundamentado na cultura da identidade real, e usar nomes falsos significa violar nossos termos. É graças a essa regra que podemos garantir um ambiente mais seguro."

Apesar da impossibilidade de adicionar termos como Guarani-Kaiowá nos campos destinados ao nome e sobrenome, é permitido aos usuários adicionar um nome alternativo - ou apelido - à sua linha do tempo. Dessa forma, é possível incluir a etnia indígena entre os nomes pessoais.

Fonte: http://tecnologia.terra.com.br/internet/

9 comentários:

Anônimo disse...

Pra quê apoiar índio?? Índio, na essência, não existe mais... índio que pede dinheiro, cesta básica e remédio não é índio... é atraso e brecha para mais corrupção e desvio de dinheiro público...

Anônimo disse...

vc quer os indios na mata fechada sem qualquer informação, o indio ta certo tem que ter cesta basica sim e todos os direitos que vc tem e deveres tambem o que tem que manter são seus costumes e tradições, viver pelado na floresta é atraso de vida pra qualquer um, os indios desde que mantenha suas tradições e costumes e cultura ta valendo, agora ficar pelado na selva isso não é indio em lugar nenhum no mundo ok cara palida.

Fabio Ps Paiva disse...

Cara vc ta bem desinformado,existe indio sim na sua essencia!.....pesquize

Lobo da Caatinga (Canis lupus caatinguensis ssp,) disse...

Falávamos aqui de uma possível censura velada do face em relação a um tema. A questão de defendermos um povo destruído por nossa presença envolve certa consciência cívica, não é para preconceituosos ignorantes ou seres sem alma. Pedem dinheiro porque foram assaltados, roubadas foram suas terras, enfim. Minorias expatriadas. Foi pelo apoio deste tipo de racismo popular que a extinção de várias etnias humanas tomou forma. Parabéns aos ignorantes sem alma, herdaram finalmente a sobra de mundo.

Anônimo disse...

indio só toma cachaça.

Anônimo disse...

Já Pensou Entregar "O Brasil" Todo para aos Indios.E expulsar todo Os brasileiros do pais, Jogar Todos No Oceano Atlântico Sem Ter Onde Morar, Antes Do Descobrimento Do Brasil Só Tinha Indios, então todos teremos que sair daqui, todos que possuem descendência europeia terão que voltar ao seu pais de origem.
Por que entregar as terras mais férteis do pais a pessoas que não conseguirão produzir alimentos a população? Do que o povo brasileiro irá se alimentar? somos o celeiro do mundo e temos responsabilidade de alimentar grande parte do planeta. Axo que entregar terras preparadas para o plantio não é a solução.por que não entregar terras virgens com floresta como as do Amazonas? la eles poderiam brincar de índio sem influencia de tecnologias, afinal, tem que manter a cultura deles.

Anônimo disse...

Índio brasileiro está vendendo o território para as ong`s estrangeiras[...]

Anônimo disse...

ahuehuehue indio so toma cachaça foi foda

Nilton Celso Mourão disse...

Os indivíduos que escrevem piadas e comentários racistas são tão covardes que não se identificam... Saiam do anonimato, bando de maricas!!!

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site