Governo argentino manipula dados da Inflação e censura institutos - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

29 de jun de 2012

Governo argentino manipula dados da Inflação e censura institutos

 
Não somente na Argentina, mas em todo o lugar é assim... Todas as informações e estatísticas são manipuladas para controlar a reação do povo...

A discrepância entre os dados divulgados pelo Governo e por institutos particulares de pesquisa é um fato conhecido na Argentina. De fato, internamente, a confiabilidade do Instituto Nacional de Estatística e Censo – Indec (órgão semelhante ao IBGE) anda tão em baixa que já saltou das sessões destinadas à economia para ser fonte de inspiração de humor nos meios de comunicação do País. Em programa de TV popular, conhecido por destacar as notícias do dia em placas vermelhas, por exemplo, já se chegou a ver a manchete: “Urgente! Segundo o Indec, os anões da Branca de Neve eram cinco”.


Entretanto, na prática, a temática tem causado mais rugas de preocupação que risos no rosto do argentino. E não é para menos. Para o Indec a inflação no mês de abril foi de 0,8%, um ponto percentual abaixo que o divulgado em março (0,9%). Assim, para o Indec, no primeiro quadrimestre de 2012, a inflação oficial acumularia uma alta de 3,5% e, nos últimos 12 meses, de 9,8%. Isso, contudo, equivale a quase um terço das cifras publicadas pelas consultoras e institutos de pesquisa privados, que apontam uma inflação real de 2,16%, em abril, e um crescimento anual entre 23% e 25%.

Os contrastes são antigos. Desde o final de 2006 – quando o Indec passou a sofrer intervenções do governo, anunciando uma nova metodologia de pesquisa e afastando funcionários -, a inflação acumulada nesse intervalo de 64 meses foi de 57,4%, para o órgão, enquanto nos dados extraoficiais superou os 190%.

Estratégia da negação

Enquanto a disparidade entre os números do Indec e da iniciativa privada vai se alargando, acentuando a confusão para o consumidor argentino, o Governo Nacional, encabeçado pela presidente Cristina Kirchner, adotou a estratégia da negação e o discurso conspiratório como forma de apoiar as estatísticas oficiais. Para o ministro de Comércio Interior, Guillermo Moreno, o nome mais citado como responsável pela manipulação nos cálculos do Indec, a Argentina é um dos países com menor inflação da América Latina e o fenômeno do crescimento inflacionário só existiria nas “fantasias caluniosas dos setores sociais que conspiram para a queda do Governo”.

Além de refutar os dados, o governo passou a agir por meio de sanções para evitar a difusão de números extraoficiais, multando consultorias que divulgam levantamentos paralelos de preços. Da mesma forma, províncias kirchneristas, como Entre Rios e Rio Negro, deixaram de publicar suas cifras mensais de inflação, que antes integravam o rol de localidades pesquisadas para o cálculo de consultorias privadas.

Apesar disso, o discurso começa a ganhar oposição dentro da própria esfera legislativa. A deputada Paula Bertol, do partido PRO, apresentou, na última semana, um projeto para intimar Moreno a “dar explicações” sobre o funcionamento do Indec no Congresso Nacional. “Ocultar a verdadeira inflação ou não falar sobre isso não evita que ela exista e que afete aos que menos têm. Os meses seguem passando e o Governo Nacional não toma medidas para sanear o Indec, um importante organismo cujas cifras deveriam ser confiáveis”, advertiu Bertol.

As consequências podem ir além, prejudicando a Argentina internacionalmente. Em fevereiro desse ano, o Fundo Monetário Internacional (FMI) concedeu 180 dias ao País para sanear suas estatísticas, melhorando a qualidade das medições da inflação e do PIB de modo que possa cumprir com as normas internacionais. A secretária de Estado Hillary Clinton adiantou que, se for determinado, em setembro, que o governo não melhorou seus processos de medição, haverá uma censura pública e, se persistir no não cumprimento das normas, a Argentina poderá ser expulsa do Fundo.

Fonte: IAnotícia.com

Um comentário:

Anônimo disse...

Essa presidenta da Argentina se acha ! Ela é tão sem noção que acha que pode guerriar com a inglaterra! KKKKKKKKKK!!!

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site