Agora é a América Latina? [Atualização] GOLPE DE ESTADO no Paraguai: Senadores aprovam impeachment do presidente Lugo - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

22 de jun de 2012

Agora é a América Latina? [Atualização] GOLPE DE ESTADO no Paraguai: Senadores aprovam impeachment do presidente Lugo

 
Assim como aconteceu nos países árabes, será que os líderes latino-americanos que possam atrapalhar os planos da elite estão começando a cair?

Atualização:  Senado do Paraguai aprova impeachment do presidente Lugo

O Senado do Paraguai condenou nesta sexta-feira (22) o presidente do país, Fernando Lugo, no processo político "relâmpago" aberto contra ele na véspera e encarado pelo governo e pela comunidade de países sul-americanos como um golpe.

O placar pela condenação e pelo impeachment do socialista foi de 39 senadores contra 4, com 2 abstenções. Eram necessários dois terços dos votos dos senadores para confirmar o afastamento.

A Constituição prevê que ele seja afastado imediatamente e que o vice-presidente, Federico Franco, cujo partido recém rompeu com o governo, assuma o cargo e o cumpra até o fim do mandato.

A notícia do impeachment foi recebida sob protesto por manifestantes que ocupavam a praça em frente ao Congresso e que consideraram que houve, na verdade, um golpe contra o presidente.

Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2012/06/senado-condena-lugo-em-processo-politico-no-paraguai.html
------

O Paraguai vive um golpe de Estado com coreografia legal, de acordo com o líder camponês Ramón Molina. A Câmara dos Deputados aprovou a abertura do processo de impedimento do presidente da República, Fernando Lugo, em rito sumário no final da manhã desta quinta-feira (21). No início da tarde o roteiro adentrava o Senado. Os prazos são curtíssimos.

A acusação está sendo feita nesta noite e a defesa deve acontecer na sexta (22). A decisão final – se nenhum fato novo ocorrer – pode ser aprovada no sábado (23).

A depender dos votos parlamentares, Lugo é carta fora do baralho. A votação na Câmara foi de 73 votos contra o governo e um a favor. A maioria dos 45 senadores – mesmo os do Partido Liberal Radical Autêntico (PLRA), da coligação governista – quer abreviar o mandato do chefe do Executivo.



O conflito entre os representantes parlamentares da elite local e o mandatário arrasta-se há pelo menos três anos. Na raiz de tudo está a resistência de Lugo em reprimir abertamente movimentos de camponeses sem terra que se enfrentam com grandes proprietários, entre eles vários brasileiros.

Até o início da noite de quinta não havia tanques nas ruas ou violência aberta. Há – segundo ativistas locais que conversaram com Carta Maior – uma crescente resistência popular. É a grande esperança dos partidários de Lugo para manter a normalidade democrática.

Fonte: Opera Mundi e http://www.revelacaofinal.com/

2 comentários:

Anônimo disse...

Fica claro quee tudo uma jogada.
Lugo era frakin.Dilmais da conta.
Afora as estripulias sexuais do bispo garanhao.
Ele afundou a Igreja e a O Dei!
Ai veio o Tio SAM com sua tropa dar o recado!
Duro golpe no Fodo de Sun Paulo!
Lula e Dilma que se cuide pois Tio SAM deu o recado.
Quem sera a bola da vez....

Anônimo disse...

lugo nao fez nada pelo país,
tirar ele do poder era o minimo a ser feito!!
mais do que certo o que fizeram

Últimos mais vistos

Mais vistos em 10 anos de site