"Big Brother Rio": Áreas com UPP vão ser monitoradas por câmeras - LIBERTAR.in - Ministério CASA DE YISRAEL

News

21 de nov de 2011

"Big Brother Rio": Áreas com UPP vão ser monitoradas por câmeras

Seriam as favelas do Rio "ocupadas" pelas UPP's, uma espécie de laboratório para a implantação de um estado policial orwelliano no Brasil? Tudo indica que sim... É a regra de 3 (ação-reação-solução)... A 'solução' já está aí... Existem muitos testemunhos que estas UPP's são uma bela enganação para gringo ver... Vamos acompanhar... Veja a notícia:

Empresa inicia mapeamento da Rocinha e do Vidigal de olho na prestação do serviço, que já é feito na Cidade de Deus, Santa Marta e Batan para evitar ação de quadrilhas

A Favela da Rocinha e o Morro do Vidigal, em São Conrado, vão passar a ser monitorados 24 horas por dia por câmeras de segurança. O sistema de vigilância permanente será implantado pela Secretaria de Segurança Pública para acompanhar em tempo real a movimentação de criminosos que continuarem nas favelas, após a instalação da 19ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), ainda sem data definida.

A meta do governo é instalar, além da Rocinha, câmeras em outras 15 comunidades pacificadas. Três delas — Santa Marta (Botafogo), Cidade de Deus (Jacarepaguá) e Batan (Realengo) — já são monitoradas. Equipamentos são colocados em pontos estratégicos, como antigas bocas de fumo. Nesta sexta-feira, técnicos da firma que atende o Santa Marta e Cidade de Deus mapeavam a Rocinha.

As imagens gravadas pelo circuito de vídeo são recebidas em sala de comando operada pelos policiais da UPP. Se houver qualquer atitude suspeita, como tentativas de assaltos, furtos e arrombamentos, por exemplo, uma equipe vai até o local.

Dali os vídeos são enviados para o batalhão da PM mais próximo e para a Secretaria de Segurança. As imagens ficam armazenadas durante três meses ou até um ano, em caso de crimes.

Nos próximos dias, técnicos da Subsecretaria de Modernização Tecnológica e do Comando de Polícia Pacificadora vão percorrer as duas favelas para definir locais e a possível quantidade de equipamentos. O pregão eletrônico para escolha da empresa de vigilância será em janeiro. O presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa (Alerj), deputado Zaqueu Teixeira (PT), aprovou a medida. “Vão permitir vigiar áreas em que o policial não está”, disse.

Já o líder comunitário da Rocinha, Paulo Roberto Inácio, 63 anos, é contra. “Vai tirar a privacidade”. A manicure Joice Ávila, 32, reitera. “E se flagrar momentos íntimos? Como vou tomar banho de sol na laje?”, questiona.

Fonte: http://odia.ig.com.br/portal/rio/html/2011/11/areas_com_upp_vao_ser_monitoradas_por_cameras_207218.html

Um comentário:

Anônimo disse...

E MAIS PRA FRENTE VAI TER CAMERAS NAS RUAS NAS CASAS E ATE ONDE QUALQUER UM DUVIDE AFF PRIVACIDADE ZERO...

Popular